Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

2...1... Chegaram!

Ontem o 2 ficou perdido no espaço cibernático.

Mas hoje, hoje é o último dia de trabalho... 

Sabe tão bem, passar as to do lists a outras pessoas! E dizer byeeee bitchessssss...

Logo às 18h será em saltos arrebitados que o farei...

 

Em modo de férias só quero dedicar-me ao que me faz bem... ir fazendo umas rotinas de Yôga até porque já tenho os meus objectivos para daqui a um ano poder subir novamente de grau... e jesus...

Começando com a invertida sobre a cabeça que tenho de até lá não só dominar mas manter durante 5 minutos... e criar a minha primeira coreografia... tenho muito com que me entreter este aninho tenho. 

 

Ler, jogar, amar, comer, orar... parece o livro eu sei... meditar... 

E descansar e relaxar este corpinho que passou por muito e tem passado desde há 2 anos para cá. 

Muitos banhos de piscina e mar... Muito boa disposição muito cantar e dançar até à exaustão. 

 

Mi aguardem!

Querem ir vendo as férias? :)

3...E que livro escolher para estas férias?

3 dias até estar de férias, eu sei que as vezes consigo ser irritante com este countdown, mas a verdade é que estas férias com o meu Pim e a minha família mais próxima sabem tão bem...

Aquela sensação da pele quentinha ao sol, contrariamente ao que acontece hoje que chove... enfim. 

As rotinas sem rotinas, em que a única regra é fazer as coisas quando nos apetecer, sem horários sem tudo estipulado...

 

Gosto ainda mais de ir descobrindo novos lugares todos os anos, quer seja um restaurante brutal, ou um recante de uma praia qualquer...

Gosto de investigar o que há para fazer nas redondezas que ainda não tenhamos feito para termos novas experiências. 

 

Gosto de comer, sem regras, sem limites sem preocupação com o regime, depois quando chegar lá voltamos às restrições normais. 

Gosto de ter um bom livro para ler, este ano ainda não escolhi. Não faço ideia de qual será.

Alguém tem boas recomendações?

Quais são os vossos rituais quando vão de férias?

Countdown...4

Começo segunda-feira com espirito de terça, melhor ainda, com espirito de quem entra de férias e que sexta-feira já não trabalha. 

 

Peço desculpa pessoas mas este ano tem que ser... preciso do dolce fare niente, de muitos banhos de piscina e mar, de muitas horas em que a maior preocupação será comer, rodar para queimar, e dormitar :)

 

Este ano vamos com os pais do Pim e a minha mãe junta-se a nós, depois disse passamos uns dias a sós. 

Estamos todos a precisar depois das últimas semanas, muitas mudanças, muitas ondas gigantes que embateram de frente contra nós... agora só queremos ondas para mergulhar e nadar. 

Melhor que isto só mesmo partilhá-lo com as pessoas que mais nos amam neste mundo... Vão ser dias de muitos miminhos. 

 

Vai ser bom para descansar o corpo, a mente... relaxar. 

Isto anda tão complicado que o blog fez anos e nem assinalei a data! Sou uma desmazelada.

A dia 6 de Julho de 2015 nascia este blog...  Fez 4 anos que por aqui ando e parece que foi ontem... 

A minha vida mudou muito, cresci muito, concretizei coisas mesmo boas... 

Vão lá e espreitem a minha apresentação. 

Por aqui estou em countdown... 4 dias para as maravilhosas férias começarem!

 

E vocês? Já foram? Estão agora? Ou também vão?

 

 

#yôga friday ... prendermo-nos à nossa liberdade ღ

A liberdade é o nosso bem mais precioso. 

Ter liberdade para amarmos quem quisermos, ter liberdade para viajar e conhecer novas culturas, ter liberdade para praticar os nossos valores e ideais...

Ter liberdade acima de tudo para sermos nós próprios. 

 

No amor essa liberdade é ainda mais importante, ter capacidade para dar liberdade ao outro para se expressar, para nos dizer o que sente, o bom e o mau....

E em tantos casais é essa liberdade que mais rapidamente se perde, porque não queremos magoar, porque não queremos chocar... É preciso muita coragem para exercer o nosso direito a liberdade e aceitar a liberdade dos outros e fazer a relação funcionar. 

A comunicação é a chave de tudo. 

 

Aceitando que todos somos diferentes, com características e particularidades diferentes dá-nos liberdade para sermos nós próprios e ainda para deixarmos os outros serem quem são. 

Esta flexibilidade nem toda a gente a tem, infelizmente...

Mas o Yôga ajuda, não pensem que nos dá só flexibilidade no corpo, dá-nos ainda flexibilidade na mente. 

 

Dá-nos acima de tudo liberdade para irmos onde quisermos e quando quisermos, basta fechar os olhos, respirar fundo e mentalizar.

Dá-nos a liberdade para nos conhecermos a nós próprios, para nos perdoarmos, para sabermos quem somos na nossa verdadeira essência e a partir daí trabalharmos o que quisermos alterar...

Dá-nos a liberdade para sermos pessoas melhores se for esse o nosso objectivo...

Dá-nos a liberdade para testarmos os nossos limites, e ir além deles... Quebrar as barreiras psicológicas.

O Yôga dá-nos a liberdade para pensarmos de formas diferentes e termos mais empatia com os outros e connosco. 

 

O que poderemos nós querer mais esta sexta-feira se não ser livres em toda a nossa plenitude? 

Por aqui isto já é um bom karma para o dia. 

 

 

#yôgafriday Quando o que é bom fica ainda melhor...

Hoje é sexta-feira, e por isso dia do Yôga por aqui. 

 

Mas quarta-feira foi sem dúvida um dia que vai ficar marcado. 

Todos já sabem que o Yôga para mim é bom mas ficou ainda melhor... Quando gostamos de alguma coisa e podemos partilhar isso mesmo com alguém de quem gostamos tanto, ainda fica melhor. 

A minha querida Sururu tem feito aulas comigo e quarta-feira foi ainda mais especial, a aula foi a pares... É sempre uma aula marcada por muitos risos, por novas descobertas, por conhecer ainda melhor a outra pessoa... Mas tão mas tão boa!

 

Além disso Quarta-feira foi dia do nosso Sat Chakra, para quem não sabe é uma prática feita em conjunto, no mínimo com seis pessoas.

Durante a prática reunimos primeiro energia através dos pránáyámas, exercícios respiratórios, depois são entoados mantras com o objectivo de activar os chakras do nosso corpo e depois é deixar circular a energia dando as mãos e fechando a corrente. Através da mentalização reforçamos ainda o nosso espírito de união, entre colegas, com a escola e o que mais desejamos.
É algo que nunca tinha experienciado mas muito especial, é muito carinho que se sente ali, é estarmos todos focado num objectivo, o sentido de união de pertença é gigante. A repetir sem dúvida. 

 

O nosso foi ainda mais especial, coincidiu com a recepção da minha medalhinha de subida de nível, e com o aniversário da nossa querida professora que tanto nos inspira a fazer mais e melhor. 

Foi sem dúvida um dia para não esquecer. 

E afinal de contas este blog é exactamente para isso, para nunca esquecer estes momentos tão especiais...