Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

  • Hoje...

    Hoje é daqueles dias agridoce...

    Tal e qual como o molho que detesto mas gosto ao mesmo tempo....

    Primeiro dia do ano a trabalhar, que deve ser marcado pelo optimismo que me caracteriza e pela motivação que quero ter sempre. 

    Mas... (há  sempre um mas...)

    Primeiro dia depois das férias, literalmente já não trabalhava desde o ano passado. (riam lá só  um bocadinho porque piadas destas agora vão ser o pão nosso de cada dia)

    Estou aqui indecisa entre pular de alegria, qual cheerleader a cantar pela sua equipa para ter um ano maravilhoso, ou esconder-me debaixo da secretária tapada com o casaco em modo de apatia extrema...

    Acho que o meu tico e teco desertaram durante a noite para piorar a questão... 

     

    Retomei a meditação ontem à noite, para ver se mantenho a cabeça limpa e organizada este ano todo! 

    Espero que me ajude a superar este dia. 

     

    Bom Ano para todos que ainda não tive a oportunidade de vos desejar!

    51a32f08f68e284b7b926e1ebb685f85.jpg

     

    ♥ 2017 ♥

    Estamos a algumas horas de fechar este ano de 2017!

     

    Podia falar do que aconteceu no mundo, das tragédias e alegrias que houve. 

    Mas este ano foi muito importante, para mim a nível pessoal e ficará para sempre na nossa história. 

     

    Comecei o ano com os planos da nossa casa, em Abril este sonho de muitos anos concretizou-se.

    A partir daí 2017 passou num piscar de olhos, nem o vi...

    Foi um período para nos resguardamos, protegermos, vivermos estes primeiros meses desta nova fase a 2 ou com a família muito próxima, de sangue e coração. 

    Não podia pedir mais, família, saúde, amigos daqueles que merecem tudo neste mundo...

     

    Mas tive mais... 

    Tive um ano de descoberta profissional, a fazer algo novo, algo que me fez sair da minha zona de conforto... E mesmo a fechar o ano heis que consigo atingir metas que julguei nunca conseguir ou dificilmente chegar lá. 

    Para o próximo ano cá estarei para me esforçar mais e fazer ainda melhor. 

     

    Aqui no blog houve mais continuidade, mais visitas... é bom saber que embora ainda não comentem tanto como gostaria (gostava de ter mais feedback :) ) há por aí mais gente interessada no que digo... 

     

    2017 vai ser para sempre um dos meus anos preferidos

    Agora que venha 2018! Cá estaremos para fazer ainda mais e melhor. 

     

     

     

    Always...

    Estes dias estive de férias e aproveitei mesmo para descansar. 

    Depois do Natal e da azáfama que foi, e das limpezas a seguir... Sim minha gente ter a casa cheia tem dessas coisas...

    Aproveitei mesmo estes dias para por a cabeça em descanso. 

    Há alturas em que me apetece estar mais activa, passear, fazer coisas e ter planos. 

    Depois de tudo o que levou até ao Natal só queria estar no meu ninho a por acima de tudo, a cabeça em dia. 

     

    Dezembro fica na história da minha vida, desde o seu inicio...

    Dia 2 de Dezembro decidimos ir dar uma voltinha pela Baixa, ver as luzes, namorar...

    Vínhamos embora quando me lembrei que a Bad Bones (loja de tatuagem) ficava por ali... 

    Eu já tinha contemplado a ideia de uma tatuagem. Desde Outubro, desde os meus 30, que andava a pensar nisso. 

    Mas a coragem escapava... 

    Pensei que entrava via e me vinha embora...

    Mas eles são bons! O rapaz que me fez a tatuagem foi um querido, o Fábio. Disse que me desenhava o que queria em dez minutos e que a tatuagem levaria cerca de 5 a fazer...

    Já não saí de lá sem ela.

    Eu não sou muito espontânea, penso, repenso, faço planos... 

    Esta tatuagem entra na lista das coisas mais espontâneas que fiz. Ok, estava a pensar nela já há uns anos, há uns 3 meses mais a sério... Mas eu não fui à Baixa com esse objectivo... 

    Aconteceu e ainda bem que aconteceu. 

     

    Eles são super queridos, já tinha feito a investigação toda, quais as melhores lojas, as mais seguras.

    Responderam a todas as minhas perguntas, mesmo às parvas... Mas é a minha pele... tinham de ser feitas. 

    Riam-se mas sempre compreensivos, super meigos, o que destoa completamente com o ar da loja. 

    Os nervos eram muitos. 

    Pedi para me colocarem o stencil duas vezes, a primeira estava uns milímetros ao lado do que eu queria mas se é para fazer algo permanente não aceitem nada menos do que a perfeição. 

    Lá me sentei na cadeirinha, só via coisas assustadoras por todo o lado. Bonecos do alien, máscaras típicas mas assustadoras... sugeri que claramente deviam ter um quadradinho na parede dedicado ao Harry Potter, afinal de contas assim deixavam nos mais confortáveis. 

    O maior medo que tive foi que eu espirrasse ou ele espirrasse. Imaginam? A catástrofe que seria?

    No final fiquei super feliz com o resultado. 

    O mais estranho foi que me pareceu que ela já estava ali desde de sempre. 

    Nos dias a seguir é estranho até porque passamos a vida a por creme e a cuidar dela. Tenham muito cuidado e sigam as instruções à risca.

    A minha não deu comichão, não criou crosta, nadinha de nada.... e esta perfeitinha. 

    Perfeita no simbolismo... acima de tudo é algo que está relacionado com o meu Potter, mas que me ensina a dedicar-me sempre ao máximo, não só a mim mesma mas aos meus valores, ao que sou. E claro à família e aos que amo acima de tudo! 

     

    O que vos parece?

    Onde fariam a vossa? Ou já têm alguma? Contem-me tudo!

     

     

     

    Ellie & Carl #Natal

    O Natal foi tão rápido quanto veio... 

    Parece que ainda estou no início do ano mas... Já estamos na recta final do ano! 

     

    Foram dois dias em família... Com programas inesperados mas que souberam tão bem e dão início a tradições só nossas.

    Muito trabalhoso,  mas o amor encheu nos a casa e o coração. 

    Prendinhas aos 30 anos...  o que mais queria eram pijamas e agendas.

    Ainda recebi uns bónus muito giros! 

    Foi um Natal perfeito! 

    Com os que mais amo, a comida ficou perfeita e tudo correu bem.

    Hoje ainda continuamos em festejos com almoços de Natal com família que vem de mais longe!

     

    Não podia ter sido melhor, o nosso primeiro Natal! 

    Desejo que o vosso tenha sido tão abençoado como o nosso! Contem me tudo! 

     

    IMG_20171224_174424.jpg

     

    Bom Natal!

    Eu desejo Bom Natal nos dias 24!

    Não há cá antes, não há depois....

    Hoje sim é dia de Natal. 

    E  hoje é um Natal super especial por aqui, o primeiro na nossa casa rodeado por todos os que nos são  mais próximos.

    Não podia ser melhor. 

    A comida está organizada os presentes também, agora é só disfrutar e focar no essencial... O amor, a paz e a alegria! 

     

    Por aí que sejam dias fantásticos! 

    Bom Natal a todos!

     

    8ff2da75586d8a339ddf87831599c0f7.jpg

     

    O Inferno é no Metro de Lisboa!

    Expliquem me minha gente preciso de fazer um manual de etiqueta sobre como andar nos transportes públicos certo? Todos vocês concordam?

    Há coisas demasiado óbvias mas os trols dos transportes ou desconhecem ou querem fingir que não sabem.

     

    Primeiro o que é esta espécie?

    TROL DOS TRANSPORTES PÚBLICOS...

    Fácil de identificar será a pessoa que mais cacetadas dará a terceiros em enchentes de metro...sim porque és tão irresistível que todos nós nos queremos roçar em ti de propósito... Não é de todo a falta de espaço. 

     

    Será aquele com olhar de lince para descobrir o próximo lugar a vazar  para depois à velocidade da luz atropelar tudo e todos para lá chegar.

     

     

    Aquele que olha com todos com ar de não me toquem que vos atiro para a linha do metro (quando ele estiver a passar!).

     

    Sim se tu és daqueles que em hora de ponta na linha azul, com o Metro cheio sem espaço para uma mosquinha,  saca do telemóvel e começa a navegar no Facebook estás aqui incluído. Eu não quero ver o teu feed, não quero saber a quem mandas nudes ou bates coro mas a proximidade assim me obriga. 

    Não se usa o telemóvel nestas alturas até porque depois não te consegues agarrar e eu não sou a tua almofada humana! 

     

    Se és dos broncos que não deixas as pessoas saírem porque Tu queres entrar... Lamento mas tens os genes dos trols em ti. 

     

    Se apesar de tudo isto és daqueles ignorantes que chegam a uma fila de autocarro (sim porque esta espécie é multi ambiente, vive no metro e nos autocarros) e decides criar uma nova fila porque a outra está demasiado grande e quando o autocarro chega decides que tens prioridade porque és o primeiro daquela fila (que relembro não existia)... Bem para ti a selecção natural devia atuar na hora. Suicídio natural... Este tipo de TROL usa normalmente o disfarce de estudantes... Se calhar por pagarem menos no passe acham que as filas também são diferentes... Não faço ideia... Mas eles existem... 

     

    Só gostava que ao lerem isto consigam começar a controlar o monstro que há em vocês... 

    E posso começar a dar terapia!

    Estes comportamentos são facilmente corrigidos com uma injecção de bom senso e educação. 

    Contactos no lado direito da página... Aceito reservas. 

     

    Obrigada

    Marta

     

    Ellie & Carl #Ajudar!

    Sempre disse que ele me inspira a ser uma pessoa melhor. 

    A ser uma BOA pessoal, no verdadeiro sentido da palavra, a não ter tantos ressentimentos, a ver o bom em toda a gente e não o mau. A perdoar... este ponto é sem dúvida o que tenho mais a melhorar.

     

    No sábado vínhamos das compras, algo banal. Quando o impensável aconteceu. 

    Estava um frio de rachar 6º na zona de Caneças e ao passar numa zona, vemos um senhor cair redondo no chão e outro mais velhote a tentar ajudar mas a não conseguir sequer levantá-lo. 

    Havia uma rotunda à frente e o Carl nem hesitou em voltar para trás. 

     

    Sabem, ele é assim. Vai e ajuda, seja quem for, de que etnia for, de que aspecto tenha. 

    Eu pela primeira vez nem os meus receitos normais tive e assim que parou o carro disse-lhe vai ter com ele eu ligo ao 112 e já vou ter contigo.

    O senhor estava muito alcoolizado, acompanhado por um sr mais velhote que era tio. Ia se matando duas vezes de um muro com uma altura imensa quando o sentámos. Nem sentado conseguia estar.

    O sr velhote, um querido, dizia que era só chegar até a casa que não precisavam de ajuda. Mas podiam cair para a estrada, magoar-se a eles e outros, liguei para o 112 e pediram-me para aguardar com eles. 

    O Carl só com um camisolita quase congelou, eles demoraram 15 minutos a chegar, mas no final o agradecimento do sr mais velhote compensou. Ele precisava de ajuda... porque já não conseguia controlar o sobrinho. 

    Viemos embora finalmente para a nossa casa, aquecermo-nos e a pensar que se um dia for eu, por estar bêbada, por estar doente, por um mau só espero que alguém como nós pare e ajude. 

    Porque passaram imensas pessoas que nada fizeram, nada perguntaram...

     

    Especialmente nesta época... como é possível? Devia ser sempre... mas especialmente nesta época.

    Nós não sabemos o que a pessoa tem, mas mesmo que esteja alcoolizada não sabemos o que o levou a ficar naquele estado, nem me compete a mim julgar. 

    Mas ajudar, ajudar sim só depende de nós. 

    Que isto seja o sentimento que perdura nesta época, neste Natal. 

     

    Fico feliz por saber que ele me ajuda a ser uma pessoa melhor. 

    É a melhor prenda de Natal que poderia ter. 

     

     

     

    Home Sweet Home

    Fez ontem 8 meses que vivemos juntos...

    Parece que foi ontem, mas já se está a aproximar o primeiro Natal e início do ano. 

    Já aprendi várias coisas... 

     

    1. Mola caída mola perdida... Não se aplica se formos lá imediatamente mas se desviarmos o olhar 5 minutos vem o bicho papão das molas e elas vão se... 

    2. Que dividir tarefas não é bem uma vez faço eu outra tu... Não que a carga não seja divida mas eu nunca vou limpar a lareira e ele nunca vai limpar a casa de banho... São verdades absolutas e adquiridas!

    3. Que as coisinhas pequeninas começam a deixar de me afligir tanto... Mas isso também é porque sou obsessiva e queria deixar de ser tanto. 

    4. Viver junto é o melhor do mundo. Uma manhã ou tarde a ver televisão a dormitar no sofá de manta e lareira é o meu paraíso neste mundo.

    5. Que a roupa devia ser descartável... 

    6. Que gosto de limpar...

    7. Detesto programar refeições... 

    8. Que gostamos de ter gente em casa... E às vezes não... Esta é complexa.

    9. Que nos fez maravilhas no que toca a comunicarmos um com o outro. 

     

    Acima  de tudo ainda me lembro dos dias que passei a desejar o que tenho hoje. 

    E como sou feliz agora...

    E que só é tão perfeito porque és tu que estás ao meu lado. 

    Obrigada meu pim. 

     

    01e8114d92f1d009060435c16b67bc3e.jpg

     

     

     

    Let it snow...

    Vocês já sabem que de há umas semanas para cá tenho me aventurado por terras incógnitas do verniz gel feito a mim própria! 

     

    Hoje escolhi o 218 da Andreia verniz gel. Deixar nevar nas unhas até para a altura do Natal. 

    Foi a minha terceira vez, não acho que esteja a fazer um péssimo trabalho mas ainda tenho que controlar melhor as quantidades e os rebordos superiores. 

    Nada que a prática não ajude.

    Ainda demoro um bocadinho a fazer e a parte que acho que contribui imensamente para um bom aspecto da unha é a forma como limamos. Que quero melhorar também. 

     

    O que vos parece? 

     

    IMG_20171217_111743_225.jpg

     

    Mashup 2017 o melhor!

    Já o ano passado o mashup feito pelo David Reese me apaixonou....

    Este ano, está fantástico. 

    Mas...... Continuo a preferir o do ano passado! 

    Não deixem de ouvir!