Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Nutricode, Inner Balance e agora NoHow

Desde o ano passado que resolvi cuidar melhor de mim, não pelos outros mas exclusivamente por mim.

Vocês têm acompanhado o programa da Nutricode aqui, aqui, aqui e aqui.... E tem corrido bem. 

Mas sexta-feira começo o NoHow como ferramenta auxiliar.

Conhecem?

 

O NoHoW é um projeto científico financiado pela União Europeia no âmbito do Horizonte 2020.

O principal objetivo do NoHoW é compreender como é que as pessoas mudam o seu comportamento com vista a manter o peso perdido. Para isso, desenvolveu-se um conjunto de ferramentas baseadas na evidência científica e com recurso às mais recentes tecnologias digitais. Este programa será testado com participantes de 3 países: Portugal, Dinamarca e Reino Unido.

 

Para entrarem têm de ter perdido 5% do vosso peso nos últimos 12 meses, é inscreverem-se darem uma declaração de alguém que vos é próximo a comprovar exactamente isso, e são medidos, pesados em detalhe e acompanhados durante 18 meses pelo projecto desenvolvido pela Faculdade de Motricidade Humana.

São feitas 4 consultas durantes os 18 meses e a todos os participantes, independentemente do grupo a que foram alocados, ser-lhes-á fornecida uma balança digital. 

Estas balanças têm ligação à internet para que sempre que se pesar nós possamos ter acesso ao seu peso. Isto permite-nos monitorizar o seu peso ao longo do programa. Também será fornecido a todos os participantes uma pulseira para monitorização da atividade física, igualmente ligada à internet para que possamos monitorizar a sua atividade física diária.

 

No final do programa quer a balança quer a pulseira ficam para nós. 

Sexta-feira tenho a minha primeira consulta, os questionários já preenchi. 

Depois partilho as minhas medidas todas e vou acompanhando a evolução do peso de forma mais próxima também. 

Eu não fazia ideia de que isto existia, partilho para quem possa achar, tal como eu, que é uma boa ferramenta para ajudar neste percurso. 

 

Bora tratar de nós!

Marta

 

 

 

Ellie & Carl #E se as nuvens vierem?

Estes últimos meses sinto-me nas nuvens...

O que fazer quando aquilo com o qual sonhamos durante anos a fio se concretiza?

Eu agradeço, agradeço muito...

A Alá, ao Buda, A Deus, a todos os santinhos, aos familiares que já cá não estão mas que acredito que de onde estão nos acompanham e inspiram... e agradeço todos os dias. 

 

Mas... ainda ontem, num dos momentos que será obviamente uma memória para sempre, eu feliz, a preparar-me para ir dormir, o cheiro dele a abraçar-me, o produto para o cabelo que me poe sempre um sorriso no rosto porque faz lembrar as férias de verão...

Ainda ontem me assombrou o medo, será possível morrer de felicidade?

Momentos perfeitos como estes... Tão simples mas tão bons repetem-se e vem sempre também o medo... e se terminar?


Se terminar quero que seja com a certeza que fiz tudo o que podia, que gozei tudo o que podia, que dei todos os beijos a dar e nos momentos mais impróprios, que fui feliz tudo o que queria ter sido. 

E isto é o que temos de ter sempre em mente, relativizar o que não interessa e acima de tudo o que é negativo e focarmo-nos no bom. 

Por aqui têm sido vividos muitos dias bons, a sós, ou em família... 

Muito bons mesmo. 

 

Se as nuveus se atreverem a atravessar-se no nosso caminho tenho hoje, mais certeza que nunca, que nós os dois as afastaremos para que o sol brilhe sempre para nós.

 

 

 

 

 

 

Ellie & Carl Começa tudo a encaixar...

Dias de muito trabalho e atarefados dão origem a finais de dia em modo burrito. 

 

Segunda-feira finalmente consegui fazer algo que queria há algumas semanas, cozinhar e orientar a comida para a semana. 

A minha mãe ainda ajudou com a sopinha que me fez para trazer na terça-feira depois de um jantarinho para matar saudades, a sopa da mãe tem sempre outro encanto.

Mas segunda-feira foi duro, depois de um dia de trabalho fomos levantar compras ao Continente, feitas online. Ainda passamos na loja para comprar umas coisas que faltavam (devia ter encomendado logo tudo)... 

Ainda passamos na farmácia... Já cheguei a casa era por volta das 20h.

Mas a minha vontade venceu o cansaço e ainda fui cozinhar, almondegas e perninhas de frango no forno, esparguete de acompanhamento. Ainda descasquei cenouras e cortei para trazer de snack para o trabalho e preparei as papas de aveia para fazer overnight para os pequeninos almoços. 

 

E nestes dias tenho sentido a diferença...

É muito confortável chegar a casa e não ter que, principalmente, pensar na comida, às vezes nem é o fazer... é o pensar. Chegar ao frigorifico e tirar a sopa e a comidinha ja pronta e aquecer... do melhor. 

Por isso para a próxima semana é para manter, mas vou tentar não o fazer na segunda-feira, porque foi realmente muito puxado logo no inicio da semana.

Este domingo ver se faço o mesmo, desta vez com lombo de porco e outra alternativa que ainda não pensei... Ver se também preparo mais legumes para serem mais acessíveis e por isso mais vezes comidos. 

 

Ontem quando cheguei a casa estar ko nem começava a descrever o meu estado, o Mr Pim igualmente... 

Nessas alturas activa-se o modo burrito e ficamos no sofá, enrolados numa manta completamente cobertos e no nosso mundinho. 

E é tão bom este nosso mundo que criámos... 

 

 

 

 

Nutricode Inner Balance Dia 17

Com alguns contratempos nestas semanas ainda não consegui pesar-me...

No entanto fui comprar este fim-de-semana um par de calças e tive que comprar um número abaixo...

Oh que chatice!

 

O efeito inicial com o Inner balance é sem duvida a perda de volume e a redução dos líquidos retidos. 

Em termos de sono, ajuda de facto a obter um sono mais calmo e sem precalços. 

De resto, melhorei também os hábitos alimentares, trago cenourinha cortada para o trabalho, frutos secos acompanham-me todos os dias para os snacks...

Falta cortar os hidratos, mas uma coisa de cada vez que eu não quero cá fazer as coisas com pressa.

Sopinha não tenciono cortar tão cedo.

O que quero além da perda de peso é principalmente alterar hábitos alimentares e isso não se faz com uma dieta rigorosa. 

Não quero fazer dietas, quero alterar a forma como encaro a comida e a minha relação com ela. 

O desporto... a limpeza da casa conta?

Ainda não consegui incorporar essa parte na minha vida. 

 

Amanhã trago-vos os números!

Por aí como está a correr?


Marta

 

 

 

 

 

 

Abaixo a escravatura do pó!

Este era o desejo da semana, do mês e do ano!

Não acho interessante sras da limpeza, sou demasiado picuinhas para deixar alguém limpar a minha casa, mas aspirar está no top das tarefas mais odiadas... 

 

Este Bobby é um gadjet super conveniente para toda a gente que tenha:

Um chão

Que use tapetes ou não

Que tenha animais

Onde apareça pó ou pêlos

Que ande na rua e por isso traga para dentro de casa ainda mais toneladas de pó ou que como nós... 

Tenha um chão que cresce pó por si mesmo. 

Sim ninguém me convence do contrário!

Aquilo é coisa do demónio, um dia o chão está limpo e aspirado no outro parece o faroeste com bolas de pó a correr! 

Sim e se durasse limpo e imaculado depois daquele trabalho árduo até compensava... Mas fica limpo exactamente 2536845 microsegundos! Chão ingrato!

 

Enfim resolvemos o problema e se sofrem do mesmo mal resolvam também... 

Bobby ou Xiaomi Mi Robot responde a isto!

O de segunda geração já existe mas está caro, o de primeira está em promoção!

Era 350€...aparece em promoção no gearbest por 249.98€ mas como sou amiguinha ainda tenho um cupão que se activarem na altura do checkout torna o preço em 230.82€! (cupão xiaomivac) 

Chegar a casa e não ver pó ou coisinhas por todo o lado, para quem tem crianças e quer garantir que não apanham nada estranho... Para quem tem animais e tem de aspirar todos os dias.  Este menino é perfeito. 

Trata de tudo sozinho lá anda ele a aspirar e no final volta para a sua casa.. Vai ser o nosso Bobby! 

Acabem com a escravatura do pó! Ele funciona bem mesmo com tapetes. E podem adicionar um pano molhado e faz de mopa. 

Aqui têm toda a informação! 

 

1509518102147609765.jpg

 

 

 

 

 

Procurar a nossa paz...

Detesto tempos cinzentos... Já ontem quando acordei estava igual.

Pior só mesmo ser segunda-feira e o tempo estar cinzento, que conjunto terrífico. 

O meu truque é, quando cinto o cinzento a apoderar-se não só do céu mas também da alma, encher-me de cores.

Pensar em coisas bonitas, ver coisas bonitas, refugiar-me no arco-íris.

Vídeos de organização e limpeza (o meu vício), ler blogs, pinterest (este não pode faltar...), fazer o exercício de agradecimento, agradecer por tudo o que tenho de bom... 

Encontrar a nossa paz depende de nós, de um trabalho interno que nem sempre é gratificante porque nos obriga a aceitar o menos bom. Mas ela está lá... As vezes o céu azul cobre-se com nuveus escuras, cabe-nos a nós afastá-las e focarmos no fundamental.

A nossa paz não está na comida, nos objectos, nas compras... no desligar dos problemas. É preciso enfrentar e trabalhar para nos sentirmos bem. 

 

E deixar estar o cinzento quieto, ele existe, fará sempre parte de todos nós, aceitar isso é um bom ponto de partida... Mas hoje escolho o arco-íris. 

 

 

 

Sexta-feira!

Adoro o fim-de-semana... Gosto mesmo. 

Não sei porquê... :) mentirinha que até sei.

 

Este vai ter pelo meio limpezas da casinha, jantares com familia do coração, jogo do SLB (isso entra sempre na nossa agenda) e se for possível muito descanso pelo meio...

Bem precisamos depois desta semana...

 

Há três semanas que estou a tentar ao domingo preparar comidinha para a semana, mas surge sempre alguma coisa e até agora não consegui.

Alguém por aí descobriu a fórmula perfeita para terem essa parte organizada a semana toda?

Partilhem por favor. 

A sério... partilhemmmmmmmm.

 

 

Estaremos em segurança num UBER ou Taxify ou afins?

Ontem experimentei pela primeira vez o Taxify, se não conhecem instalem e como sou mesmo querida tomem lá um código para além dos 50% de desconto nas viagens que têm actualmente possam ter mais 3€ de desconto. NAM2W .

Instalem, vão às promoções inserem o código e voilá...

Esta app é a mais recente cá do sítio que permite um serviço semelhante ao da UBER.

 

Eu já experimentei todas as que existem e já percebi que há umas que gosto, outras que nem por isso...

Cabify? Nahhh não ando. Mas gostava de uma funcionalidade da app que era a partilha da viagem para outras pessoas saberem onde andamos. 

 

MyTaxy... aqui é complicado e é um amor/ódio. Não gosto de serem taxistas, gosto dos 50% de desconto, gosto também das vias BUS que conferem alguma rapidez em alguns percursos. Gosto que a app permita deixar mensagens. 

 

Taxify, app nova, os carros não são táxis, e as tarifas são ligeiramente mais baixas. Permite partilha de viagens para outras pessoas acompanharem o percurso.

 

UBER a app a que mais recorro, detesto as tarifas dinâmicas, gosto das promoções dos 50%, gosto do serviço mas nota-se que este está a degradar-se. Não tem link de partilha da viagem e porquê que acho importante essa treta?


Bem... utilizo estas aplicações porque os taxistas há muito que perderam a minha confiança. 

A sensação de entrar num carro com um motorista dar-lhe a nossa morada e colocar a nossa vidinha naquelas mãos, se pensarmos bem é um salto de fé gigante, já os nossos pais diziam, não entres NUNCA no carro de um estranho. 

Nestas apps temos uma sensação de segurança maior, sabemos quem vai a conduzir, temos a app a registar a informação, e claro estes serviços obrigam à entrega do cadastro criminal por isso evitam que sejam pessoas menos próprias a fazer aquele serviço.

(como aquele sr que andou a apregoar que as leis eram como as meninas virgens... para serem violadas, que foi a tribunal e nada lhe aconteceu...)

Mas será essa sensação de conforto real?

 

Ontem ouvi pela primeira vez a experiência de uma pessoa que foi assediada por um condutor da UBER, rapariga jovem, mete-se no UBER para ir a um evento, e dá com um motorista que usa uma linguagem pouco apropriada e se esquece que engates não são para ali chamados...

Eu imagino o terror da rapariga, aquele rapaz poderia facilmente trancar as portas do carro... parar onde quisesse... ou seja, onde está aquela questão da segurança adicional? Na identificação dele?

Há tantos crimes que são cometidos neste país em que as pessoas, com todas as provas contra elas, são postas em liberdade...

E nem vou falar no que toca à questão de assédio ou agressão sexual, infelizmente é um dos temas mais vergonhosos neste país.

Quando temos um juiz no Porto que escreve um acórdão em que diz que não fica provada a violação a uma paciente por parte de um médico porque este só lhe puxou os cabelos para a forçar a ter relações.... O mundo está perdido tal e como como o nosso sistema judicial!

 

E pus-me a pensar afinal aquela pequena funcionalidade de partilha da viagem pode dar jeito, se mostrar uma paragem demasiado demorada, se a pessoa não atender o telefone, facilmente alguém consegue identificar onde a pessoa está... Pequeno mas grande pormenor. 

 

Esta sensação de segurança adicional é algo importante para vocês?

Para as mulheres que andam por aí, o que vos parece? Partilhar a viagem ajuda? 

Estas apps que opinião têm delas?

 

Marta

 

Top 50 no BlogsPortugal

Alguém conhece o Blogs Portugal?

Desde o ínicio deste blog que registei lá também.

Essencialmente é um directório nacional que serve também como ponto de contacto com marcas e para estabelecer parcerias.

Faz também algo muito interessante, um ranking nacional e um ranking pela categoria que atribuimos ao blog.

 

Sempre tive como um objectivo pessoal a marca dos 50 Blogs na minha categoria, e o Top 500 nacional. 

Ontem finalmente atingi o Top 50, estando em 47; e o lugar 439 no Top 500.

 

Os sonhos acontecem quando trabalhamos para eles.

Obrigada a quem tem visitado o blog e ajudado a alcançar a esta meta!

 

 

 

 

 

 

  • Pág. 1/2