Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

  • Hoje estou no meu cantinho em modo sonho....

    Quando estou naqueles dias em que me apetece entrar em modo burrito...

    Refugio-me a ver coisas lindas e inspirações no pinterest. 

    Hoje é este o tema... 

    Vejam a galeria e o que passa hoje no meu coração. 

     

     

    O calor suga-me a imaginação...

    Tenho andada em modo árido...

    Sem ideias, sem vontade... Cansada apenas...

    Nem para resmungar tenho forças! O que é estranho em mim.

     

    Deve ser do calor, ou do facto de passar o dia numa ilha inteira sozinha, fogo como compreendo agora o que é necessário ter uma equipa, algo que te ajude na motivação, alguém com quem trocar umas piadas de vez em quando, tirar dúvidas, ajudar...

    Que merda isto de estar para aqui sozinha. 

     

    As coisas têm corrido bem, mas instáveis. Com a coleguinha de baixa, sabe-se lá por quanto tempo, chefe de férias, colegas que vão de férias, incerteza de quando terei novamente companhia, objectivos comerciais, emails para cliente, os mercados.... bem quero que as coisas entrem na sua rotina. 

    Não me sinto nada confiante que isso passe apenas pelo regresso dela, aliás acredito mesmo que ela não volte e se voltar que as coisas não vão melhorar. 

     

    Quero estabilidade, quero equilibrio e paz e ainda bem que só sinto falta destas coisas nesta questão da equipa e que tudo o resto está bem. 

    Eu estou bem, cansada e a precisar de férias, e começo a sentir isso em tudo o que sou, aquele cansaço que os fim-de-semanas não apagam, mas estou bem... a fazer o que gosto, estou com quem gosto. 

     

    Ando é mais caladinha mais off... O calor suga-me a imaginação e a vontade de escrever. 

    Ver se isto baixa uns graus à noite, para poder dormir mais fresquinha e melhor e a coisa recupera. 

     

     

     

    Férias!!!

    Ah as ditas férias anuais...

    Toda a gente já foi ou vai de férias num futuro imediato e a je?

    A je está por aqui, sozinha e abandonada na equipa dela... 

    E a ressacar à grande aqueles dias em que a minha maior preocupação é "pus protector solar?" "será que devo reforçar?" "o que me apetece comer/fazer/ler/jogar?"....

     

    E não, não é já que chegam as minhas férias, para minha infelicidade. 

    O ano passado descobrimos um casinha no Olx que fica na Guia, era uma casinha que a mim me soava um paraíso nesta terra, isolada no meio literalmente de um campo, querida, com espaço suficiente para mim e para o Carl, um piscina sóooooo para nós, um barbecue, um terraço...

    Enfim aquilo que queriamos, paz e sossego, passamos os dias alternando entre ir à praia voltar para a nossa piscina, comer cá fora ao som das cigarras, apanhar sol no terraço, mergulhos e soube-me pela vida. 

     

    Este ano e com o projecto da casa a intensificar-se tinhamos definido um budget para uma semaninha de férias, e aquela casa na semana que iamos estava 200€ acima do que queriamos. Deixamos de lado o nosso pedacinho de céu e iamos marcar uma semana num aldeamento em albufeira, muito bom também onde já ficámos com uma brutal piscina... Mas obra do destino... As pessoas que tinham marcado já essa semana não puderam ir e a nossa querida dona do pedacinho do céu lembrou-se de nós, como somos só 2 e a casa até dá para 4, fez-nos um desconto e voilá! Pedacinho de céu aí vamos nós. 

    Mas....

     

    Só na ultima semana de Agosto... eu já salivo quando vejo pessoas bronzeadas e com aquele ar saudável depois de voltarem de férias, quando me imagino refastelada na minha espreguiçadeira ao som de uma qualquer música escolhida por nós... a namorar, descansar, relaxar, apanhar sol...


    Bem vou ali vergar a mola para ver se chega mais rápido, e para ver se o projecto da casinha anda também ele mais rápido. 

     

     

    Acima de tudo...

     

     

    Têm sido dias complicados...

    Demasiado trabalho, cansaço, vontade de dormir. 


    Felizmente que com a meditação lido melhor com tudo isto e não estou um caco psicológicamente. 

    No trabalho para mim está tudo bem, a minha querida colega fez questão de desaparecer da vista, e para mim do coração.

    Detesto quando as pessoas recebem oportunidades de carreira de mão beijada e o mérito fica à espera para aparecer. 

    Detesto quem promete muito e pouco cumpre. 

     

    Por aqui lá continuarei a dar o litro,o corpo e alma... Não sei ser de outra maneira, quando os projectos profissionais não me apelam o suficiente para ser assim, procuro novas oportunidades, ficar num poço sem fim, a afundar-me dia a dia a fazer algo que não gosto ou concordo não é definitivamente para mim... 

     

    Para quem o faz, paz à sua alma... estou com vocês, precisam de muita força certamente e percebo possivelmente até os motivos...

    Mas para mim não dá...

    Agora é foco e produtividade!

     

     

    Pokémon Go, quando a vida real é invadida pelos Pokémons!

     

    Não este post não é escrito pelo Carl, mas sim pela Ellie...

    E sim... eu sou a nerd do casal. 

     

    Este era o jogo mais esperado do ano, saiu e tentaram que ele fosse gradualmente ficando disponível em diferentes países, mas não resultou.

    A ansiedade de todos os fãs dos Pokémons era tanta que rapidamente se encontrou maneira de conseguirmos instalar o jogo embora na Play Store não estivesse disponível. 

     

    Eu sempre adorei os Pokémon, aliás no autocarro a caminho do trabalho vinha sempre agarrada à minha nintendo dsi xl a jogar. Agora com este jogo para o telemóvel oh jesus... é fantastico!

     

    Este jogo tem vários pontos positivos: 

     

    - implica que nos desloquemos pelo mundo real... ou seja estimula o exercicio e o passear, e ao contrário dos jogos da nintendo não estimula o isolamento de forma alguma, aliás há casos de quem comece agora a combater anos de agorofobia com este jogo e ele saiu apenas à uma semana. 

    - interage connosco, vamos acompanhamento o mapa e heis que surge um pokemon... ao clicar nele a camara do telemóvel activa e então é aí que a magia acontece... no nosso mundo e ali à nossa frente está um pikachu materializado que vamos apanhar com a nossa pokebola! quem diz pikachu diz nidoram, magickarp, golbat... todo o universo de pokemons que já nos era tão familiar. 

    - a ideia é ir apanhando pokemons, coleccionando, treinando e subindo de nível, ainda só estou no nivel 4 mas o jogo já deu para ver que terá um potencial imenso. 

     

    Hoje de manhã fui agraciada com um pikachu... acho que é O pokemon que todos nós queremos apanhar e o meu ar de felicidade no autocarro fez a minha colega desatar a rir enquanto me via a atirar pokebolas para capturar o meu pikachu... Nem sequer tirei printscreen ao ecrã do telemóvel com medo que a aplicação atrofiasse e puff lá se ia ele. 

     

    Pontos negativos:

    - há pessoal que se esquece que isto é um jogo e corre para o meio da estrada na esperança de apanhar o pokemon. 

    - pessoal a conduzir que bate com carros porque aparece um pokemon no tablier e acham que podem apanhá-lo a conduzir. 

    - como em tudo na vida as coisas são para serem usadas com cabeça... mas há quem obviamente não a tenha. 

     

    Eu estou nas minhas 7 quintas. Por aí já há alguém que jogue também?

    As fotos mostram o nosso carro mas obviamente eu estou no lugar do pendura e não a conduzir!

    Este são só alguns dos que já apanhei. :)

     

     

     

    Não há doces durante um mês!

    A esperança, a minha, despertou nas meias-finais...

    Em 2000 chorei, em 2004 partiu-me o coração... este ano tinha decidido não me envolver.

    Quando vi chegar as meias finais o meu coração pensou "será que podemos acordar para isto desta vez e outra vez?"

    Sempre gostei do CR7 quando ganha, quando perde... acho-o genuinamente uma boa pessoa.

    Temos bons jogadores na nossa selecção o Patricio ontem foi exemplar e custou-me que tenha sido o último a pegar na taça... Se uma marcou um golo, se outro deu força e garra a uma equipa pela sua fragilidade física, ele defendeu inumeras vezes e merecia mais destaque...

    Mas... ontem quando o cristiano chorava sentado no chão pensei, oh deus, se isto era dificil agora será praticamente impossível...

    E... eu que não em queria envolver, ter as taquicardias que tive, fiz promessa e tudo ao São Clemente... Que o CR7 já merecia, que os 11 milhões de portugueses já mereciam também e que eu ali a sofrer não queria ter o triste destino que tive das últimas vezes... E assim se começa um mês sem doces e coisas boas que me apeteçam...

    Isto da fé tem que se lhe diga!

    E assim eu, que tinha olhado como quem não quer de lado pra os jogos... que queria criar uma barreira emocional intransponível, dei por mim agarrada a tudo e mais alguma coisa para suportar o stress e o nervosismo... 

    E a ter um orgulho brutal naquela equipa e naquele capitão. 

    Fomos grandes mesmo contra aqueles brutamontes e caceteiros... 

    E tivemos com um espirito lindo, de equipa e união... quando os outros eram um conjunto de unidades diferenciadas, nós eramos uma unidade constituida por 11 jogadores em campo mais um que ela estava de coração... e mais 11 milhões que sofriam em casa com as lágrimas daquele grande senhor. 

     

    Ai CR7 se tivessemos todos metade da tua ética de trabalho e profissionalismo e coração pelo que fazes e adoras! O mundo era muito melhor!

     

     

     

     

    Thank God for Friday!

     

    Esta sexta vem exactamente no momento certo e considerando que tive um pesadelo horrível, com direito a acidente de viação, barulhos que o tornavam infinitamente real e consequentemente madrugada em claro... 
    Não podia estar mais feliz por esta visita da minha querida amiga sexta-feira. 

     

    Entretanto é focar no fim-de-semana, estar presente, mesmo presente e aproveitar estes dois diazinho que aparecem já ao virar da esquina. 

    E tentar ultrapassar o dia de hoje, sem que a cabeça me caia para a frente naquele sinal universal de "isto estaria muito melhor se estivesse na caminha a aproveitar este soninho todo!".


    Veremos. 

    Para todos, uma excelente sexta-feira!

     

    Isto dos títulos, vale de alguma coisa?

    Muita gente tem uma ligação muito forte aos títulos que lhe dão, Dr(a), Namorada, Noiva, Tia, Madrinha, Esposa...

    Isto vale mesmo de alguma coisa?

     

    Sou eu menos tia das minhas sobrinhas do que os tios de sangue simplesmente porque o mesmo ADN não incorpora quem somos?

    Costumo dizer que a minha sobrinha mais nova se fosse "efectivamente" minha de sangue não seria tão parecida comigo... A garota fala como eu, expressa-se como eu, aprende os meus tiques num instante, até no feitio....

    Se algum dos tios, o Carl ou a outra tia tivesse a lata de me dizer que não era tão tia como eles, era bem capaz de lhe esfregar 5 dedos na testa. 

    Que idiotice... não seria de facto se não fizesse as coisas que faço por ela, se não me dedicasse a ela como me dedico, se não ficasse com ela, se não interagisse com ela, se me estivesse a borrifar... 

    Se nada fizesse por ela que me conferisse, o direito até, de dizer sim sou tia dela!

     

    Acho que nisto dos títulos os mesmos devem ser atribuidos por mérito... Tenho familia de sangue com quem não tenho a menor afinidade, e família do coração que amo com tudo o que sou e a quem me dedico de corpo e alma!

    Isso faz deles menos família? NAO!

    Isso faz com que aqueles familiares estupidos que todos temos, tenham algum direito divino a participar em ocasiões especificas da minha vida porque têm uma ligação de sangue comigo? NAO. 

     

    Nisto de títulos acho que o melhor mesmo é avaliar o mérito da pessoa... Se uma amiga, prima, independentemente de há quanto tempo faz parte da nossa vida está lá para nós, nos ajuda, nos apoia... É familia do coração e acabou!

    Confio no meu coração para me guiar até as pessoas certas, até agora pouco ou nada falhei...

     

     

     

     

     

    1 ano de Blog.

    Não tenho tido muito tempo para cá vir...

    Não por causa do outro blog, mas sim porque me falta o tempo considerando que passo o dia a correr e que me tenho dedicado 150% ao meu trabalho. 

    Este no entanto é o meu cantinho... ui espera aí... ahahah há coisas do camandro... 

     

    Faz um ano o blog!!!

    Ao escrever aquela frase pensei ui deve estar a fazer um aninho que tenho este pedacinho da internet só para mim e não é que é exactamente hoje... 

     

    Continuando o raciocinio, este foi o espaço que tenho utilizado para por a minha cabecinha em dia e arrumada, e vai continuar a ser... decidi essencialmente que o outro seria mais sobre o que gosto como decoração/projectos DYI, coisinhas pelas quais me apaixono...

    E que este será mesmo o meu diário... o registo dos meus dias... 

    Nos últimos tempos tenho acusado a falta do exercício mental que é colocar por escrito o que me assalta a mente... 

     

    Durante este ano, cruzei-me com pessoas super interessantes neste cantinho, com outras menos interessantes e até um bocadinho parvas... Mas de um modo geral é um balanço muito positivo. 

    Descobri paixões que não tinha, comecei projectos novos que ainda se mantém, o que é um milagre para mim... e acho que foi muito graças a este cantinho e à forma como me ajuda a organizar-me... 

     

    Num dia tão importante e que escolhi para este balanço, ainda sem saber que o era, fica esse compromisso comigo mesma. 

     

     

     

     

     

     

    É isto que falta a grande maioria das pessoas hoje em dia....

    Por um lado, a muitas pessoas, faltam opiniões próprias...

    Por outro falta, a muitas pessoas, falta conseguirem distanciar-se suficientemente da situação para poderem tentar ver todas as perspectivas e espectros possíveis...

    Por outro falta o respeito dos outros em aceitarem que quem tem opinião própria, pode compreender o que a pessoa diz, interpretar... mas pode não concordar... e que isso não é mau... é da comunhão de diferentes opiniões e pontos de vista que sai naturalmente as melhores soluções os melhores resultados. 

     

    E há dias em que só me apetece responder... Fuck It! Vai ver se estou ali na esquina e se me importo com o que tu pensas.... Tenho opinião própria e sempre terei... Vai ser dificil alguem conseguir tirar-ma... não é mudar... porque FELIZMENTE tenho a capacidade para ver os pontos de vista dos outros e tentar colocar-me nesse ponto de vista... Mas abanar a cabeça qual burrinha com palas... Nunca o farei... era muito mais simples de facto poupava-me imenso o latim mas.... Não... Nunca.