Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Isto dos blogs e polémicas....

Ontem andei ausente a trabalhar no meu mais recente sonho :) dentro de uns dias deve estar prontinho para vos mostrar...

Hoje de manha andava a ver os post mais comentados e reparei no da Crónicas de uma menina da mamã .... fui dar uma vista e aparentemente tinha vindo o céu abaixo por causa da carta que ela escrever sobre os destaques do SAPO.

Esta semana dei por mim a olhar para os destaques e a pensar o mesmo que ela... que é sempreeeeeeeee os mesmos bloggers a terem os destaques, independentemente do conteúdo...

Não me venham cá com merdas pessoal, todos temos dias maus, todos temos dias de inspiração... Mas acredito que ali já nem seja por mérito. Se publicarem a dizer "espirrei e saiu um macaco" semelhante conteúdo literário vai ter destaque, desde que sejam os bloggers certos. 

Para mim é chato, não por eu não ter destaques, isso passa-me ao lado, mas numa comunidade tão "pequenina" quanto esta, gostava de por ali todos os dias conseguir conhecer alguém novo, e não ver sempre os mesmos lá estampados, até porque muitos já os sigo. 

A mesma coisa acontece com a área de temas, moda e afins... muitas vezes o conteúdo que lá aparece, por ser de um blogger que escreva maioritariamente sobre esse assunto, está lá e aquele post específico nem sequer tem nada a ver com isso...

Não entendo... Mas também não entendo a polémica de alguém não poder chegar e dizer exactamente esta opinião...

Isto dos blogs serve para nos expressarmos, e claro que feedback é sempre bem vindo mas de uma forma construtiva e positiva.

 

Eu por estas e por outras, devo estar a transferir-me desta para melhor... Principalmente por causa deste mais recente projecto.

:) Façam figas...  até lá... paz e amor pessoal.... paz e amor.

 

 

 

Arranjar espacinho para o céu azul

Este está a ser um ano de mudanças, especialmente mudanças em mim...

Resolver velhos traumas, encontrar aquela paz e aquele bem estar interior de que todos precisamos. 

A meditação tem ajudado, aliás tem sido a ferramenta essencial, para perceber que o momento AGORA é o melhor altura para resolver o que é necessário ser resolvido, e não o atrofiar para o fundo do saco, e que o que não tem solução resolvido está... 

Tem também ajudado a lidar com o nível alto de ansiedade que normalmente tenho e até ajudado a baixá-lo um pouco. 

No entanto, existe sempre um mas... sinto mais, percebo melhor o que sinto, e porquê o sinto. É preciso nessa altura estar disposta a resolver de imediato as questões que aparecem, e se antes o reprimia agora não o faço.

Se antes uma pessoa me desiludia e eu achava que a culpa era minha, agora tenho plena noção quando a desilusão acontece que a culpa não é minha mas da pessoa que optou por ter determinado comportamento. 

Felizmente não tenho tido surpresas, já que eu no interior sabia que a postura delas não era a mais saudável, feita parva apenas escolhia ignorar e continuar a dar-me da mesma maneira. Agora já não.

Agora consigo lidar com isso, e não só, muito melhor, mas também com o facto de que cada um de nós tem as suas lutas interiores e que quando a pessoa em causa resolver a dela eu estarei cá, e nessa altura lido com o que for necessário. 

Hoje estou num dia de introspeção, sabia que havia sentimentos que tinham surgido que eu estava a evitar desde domingo mas agora estão ultrapassados. Mesmo assim ainda demorei dois dias a querer lidar verdadeiramente com eles... enfim... estou melhor mas ainda não estou no ponto. 

A aplicação que tenho usado é a Headspace (desde setembro) e realmente vale muito a pena, nao conheço outras, ainda não li nada sobre o assunto mas tenho que o fazer, isto do Mindfulness é muito interessante. 

 

 

 

 

 

Mea Culpa... Vi o Pride and Prejudice and Zombies

Adoro as séries e os filmes que já foram feitos deste grande livro "Pride and Prejudice".

Calculava que este filme me fizesse revoltar todos os nervos do meu corpo, mas... ver para crer. 

Aproveitando umas horas vagas e à falta de outros filmes para ver em streaming pensei... assim já podes criticar...

Bem, no inicio até pensei isto até pode ser alguma coisa minimamente de jeito... mas quando começou o desenrolar da história e o envolvimento do Mr Wickman fiquei completamente convencida que era uma treta... ainda me ri imenso da "discussão" entre a Elisabeth Bennet e o Mr Darcy e pensei... ok desperdício de dinheiro... 

Este trailer que encontrei mostra algumas partes do rídiculo... se querem ver só por ver vejam... mas fiquem avisadas não vos vai dar uma surpresa e é realmente mau!

Das actrizes que fizeram as irmãs Bennet mais velhas até simpatizei.

 

 

Tenho o coração cheio...

Depois de tanta ansiedade relativamente ao almoço de família, posso dizer que correu tudo tãoooooo bem!

Sábado eu e Mr Carl fomos para a casinha de familia dele para ajudar nos preparativos, quer de papinha e principalmente de decoração. 

Fiz guardanapos em forma de coelhinhos, fiz os cartãozinhos personalizados com o nome de cada um de nós e quis que cada ilustração mostrasse um bocadinho do que somos.

Colamos coelhinhos, ovinhos, borboletas por toda a casa...

Ainda consegui a proeza de desenhar em duas ardósias, e....

 

As flores...

Sabia que gostava muito de ter a casa cheia de flores, mas no sábado já me tinha convencido que não as ia arranjar, já no último momento e passando pelo mercado da praia das maças arranjei cravos matizados a rosa e margaridas brancas.

E... nessa noite, num minimercado da zona entro para comprar e ovos e logo à entrada está um ramo das minhas flores preferidas... Coroas Imperiais Brancas... Não resisti e trouxe-as comigo, e que bonitas ficaram. 

 

Fizemos imensa comidinha boa e gulodices! 

Foi um dia de muita paz, a minha princesa estava em modo titi o que eu adoro (sou tãoooo babada) passou o dia a chamar por mim e a brincar comigo e na converseta! 

Ainda preparamos para ela uma caça aos ovinhos! E ainda bem que o fizemos porque ela adorou!!

Foi um dia próximo ao perfeito... alias acho que perfeito mesmo....

O meu Carl foi incansável aguentou a minha ansiedade a deu-me todo o apoio deste mundo... 

 

Tenho o coração cheio e o estomago também :)

Deixo-vos algumas fotinhas.

 

Os printables deram um toque tão querido. Olha eu ali em modo incognita! :)

 

Os ovinhos à espera da pipoca!

 

 

As minhas coroas imperiais! Lindas que só elas!

 

E as margaridas e cravos! :D

 

 

Gulodices!

 

 

 

Delliriuns Imobilliarux #13

Fico sempre fascinada quando entro em qualquer sitio onde os espelhos estão tão bem utilizados que nem os vejo e penso mesmo que o espaço é bem maior. 

 

Depois de encontrar a primeira imagem fui à procura de mais ideias que utilizam os espelhos como elemento decorativo.

Algumas destas ideias e formas de espelhos já as descobri num website e baratinhas, talvez mande vir umas para experimentar porque o resultado é espetacular!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Its Some Kind Of Mood... Páscoa 2

Aproveitando as ilustrações dos mais variados coelhinhos que existem no pinterest lembrei-me de fazer uns cartões para os lugares na mesa de almoço.

 

Cada pessoa com o seu coelhinho especial com o seu nome e tentei escolher os coelhinhos que de uma forma ou de outra se adaptavam à pessoa em causa. 

Acho que vai ficar um resultado bonito.

 

Além disso tenciono ir ao mercado sabado e comprar IMENSASSSSSS flores para espalhar por toda a casa.  Por acaso ninguem sabe de um mercado entre lisboa e sintra que seja excelente para isso nao?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Crónicas do 83

Ouvir a palavra tipo 125749963215x numa conversa de 5 minutos deixa me arrasada. Com tanta palavra no dicionário como?? Esta gente bloqueia no tipo... Eu juro que cheguei a ouvir a pérola "é que tipo, tipo"... Estou prestes a dar lhe um tapa na testa semelhante é a impressão que isso me dá! E o pior é que estou a falar de uma rapariga, no máximo com 20 anos já com um filho... Se ela não se educa a ela própria, em que mundo pode educar uma criança....

Its Some Kind Of Mood... Páscoa 1

Acredito que este post vos possa ter passado ao lado... bruxelas acabou por tomar toda a gente de forma inesperada...

 

Preocupar-me com decorações da Páscoa pode parecer estúpido, mas é a forma que tenho de gerir o stress associado ao evento do almoço da Páscoa...

 

O pinterest acaba sempre por ser a minha principal fonte de inspiração... :) e neste caso não foi diferente.

Até sexta vou colocar aqui as mimices lindas que vou utilizar para este evento, no mínimo especial...

 

Estes printables vão dar jeito para dar aquele ar fofinho e são FREE (aquela palavra que gostamos tanto)

 

 

Aproveitando algumas ardosias que já temos de outras festas e considerando que há sempre fotos para serem tiradas com a pipoca e entre nós, ficam sempre bem:

 

 

 

 

 

 

 

Bruxelas.... 3 Bombas...

Duas explosões no aeroporto, em frente ao balcão da American Airlines, uma terceira detetada por explodir...

Mais uma explosão no metro... Linha de Metro completamente encerrada.


Ficará por aqui?

Relembro no entanto, estamos a falar de uma pequena minoria face a uma população gigante que pertençe ao Islão. 

E isto? Isto é TERRORISMO. Não é religião. 

A maldade está naquelas pessoas, naqueles que as incitam a fazer este tipo de actos... Não na religião que dizem pregar....

 

 

O Meu Conceito de Família.

Domingo há almoço de Páscoa em Família, ou melhor dizendo Famílias.

Lamento que não possa dizer no singular, mas de facto ainda falta muito para que se deixe a forma plural e se evolua para a forma ideal... como se fossemos todos um elemento.

 

A minha família, a de sangue, nunca foi muito unida, a distância não ajuda nesse sentido. A não ser com os meus pais e uma tia, a relação quase nao existe.

A minha família de coração como lhe chamo é a família do Carl... Os pais dele são meus segundos pais sem tirar nem por. Com a irmã desenvolvi essencialmente uma relação com ela quando a pipoca apareceu. 

Depois há a família do meu cunhado, pai da pipoca. 

Há ainda a madrinha do Carl e respetivo marido que também vão participar e que adoro de coração. 

Já costumam existir jantares no Natal, mas dos quais o meu pai não participa porque passa essa época com a mãe dele (sim não me refiro a ela como minha avó, não merece esse título... outra história), e por isso este almoço será o primeiro.

Esta Páscoa vai ser o primeiro almoço em que TODOS vão participar.

TODOS. 

 

Todas as famílias têm os seus problemas, a minha não é perfeita seguramente, tal como nenhuma será.

Mas somos muito expressivos, até de mais... no entanto dizemos tudo na hora, zangamo-nos mas ficamos bem, porque tudo foi dito e tudo avança. 

As restantes não são assim.... Engolem, trincam, retrincam... e na mais pequena das coisas vem tudo ao de cima... Não consigo lidar com isso... 

Talvez por tudo isto estou um bocadinho ansiosa com esta ocasião, e como tal, foco-me no que consigo controlar... a ementa, a decoração, as ideias mimosas que estou já a por em prática para aligeirar o ambiente.

Estou em velocidade cruzeiro para a preparação do evento...  Vou por aqui algumas ideias a partir de hoje e até domingo. 


Vai ser na Casinha da Familia D, a família do Carl, que fica no sitio mais mágico deste mundo, Sintra.
Era suposto ser uma ocasião perfeita, eu que nunca tive uma família grande nem casas de família em sítios mágicos, delicio-me com tudo isto.
Com as histórias que aquela casa tem em si, com as histórias das famílias quer do pai quer da Mae do Carl, tão antigas, tão cheias de proximidade às gerações anteriores.
Com tantos registos, fotografias, histórias, documentos, brazões e livros antigos...

 

Vou fazendo por ser um elemento conciliador no meio de tudo, porque adoro esta minha família de coração e não há nada que mais queira neste mundo para um bebé meu... que ele faça parte também deste meu pequeno mundo e família e que conheça toda a história, dos avós, bisavós, trizavós....


Embora do meu lado a história seja bem mais curtinha tenciono implementar algumas tradições para garantir que no futuro os meus filhos, os filhos deles, e os filhos dos filhos deles, tenham a possibilidade de conhecer a nossa história e a história de cada um de nós...

 

 

 

 

 

  • Pág. 1/2