Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Música também inspira...

Guardo com especial carinho uma das memórias mais bonitas da minha vida. Esta música sempre foi muito especial para mim.

Na primeira vez que fui a Londres fui sozinha... Trabalho e aproveitei uns dias a mais para conhecer aquela cidade que tanto me fascinava.

À saída do metro na City, confusa e amedrontada... Nunca tinha estado tão desarmada, desprotegida... Começo a ouvir um rapaz que tocava piano na rua, estava a chover... E começo a perceber que aquela música... É a minha música... É esta música que partilho hoje com vocês. Foi um momento.... Tão bonito tão certo... Deu me tanta segurança... Fiquei ali atrasada para uma reunião mas a ouvir a música até ao fim à chuva... A olhar encontrada para aquele rapaz que talvez não fizesse ideia do significado que aquele momento teve para mim...

No final... Dei lhe uma nota... Ele olhou confuso... Disse lhe que me tinha feito muito feliz e que merecia as libras todas do mundo... 

E convenci me que aquela cidade a partir daquele dia também era um bocadinho minha. 

 

Saudades do que ainda não tenho... Do que ainda não Vivi

Ando com saudades do que ainda não tenho. 

Saudades do que ainda não vivi...


E só me apetecia refugiar no mundo dos meus livros preferidos, viver na perfeição daquelas palavras... Escrever o meu livro perfeito.
Por muito que faça fico sempre na ansia de fazer mais, melhorar mais...

O meu pior defeito é querersempre mais...

Até aquilo que ainda não consegui, que ainda não alcancei, mas que sei que quero e que preciso e que desejo.

 

Nestes dias tenho de treinar os meus pirolitos para que se tornem a focar no momento... em viver o agora... aliviar a ansiedade do futuro.

Sentir o sol na cara, relembrar-me o quanto amo e sou amada, o quanto tenho... já... e esquecer o que terei no futuro.