Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

❤ O Amor 3

Eu tenho muito que agradecer, cada vez mais me convenço disso. 

Hoje agradeço pela pergunta com a qual começo sempre o dia "Estás bem?"

 

Tenho a sorte de ter quem tenho ao meu lado, e se um dia li algures, procura um homem que te pergunte se Estás bem?, tive a sorte de o encontrar....

Essa pergunta tão simples encerra em si o maior cuidado, o maior carinho deste mundo. 

E ele é a primeira pergunta que me faz todas as manhãs quando acordo.

 

Às vezes as pequenas coisas passam ao lado e não lhe é dado o devido valor.

A preocupação mútua, o carinho mútuo, perguntar simplesmente "Estás bem?" é algo que deve ser sempre valorizado. 

 

E mesmo que achem estas rubricas mesmo lamechas, é bom sermos agradecidos pelo que temos e é um óptimo exercício de reflexão para nos trazer paz e calma. 

Façam o mesmo... 

 

 

Anda comigo ver os aviões...

Este fim-de-semana, foi mais de resguardo por causa da crise que tive há duas semanas, mas ainda aproveitamos e fomos ver aviões e fazer uma cache perto do aeroporto, enquanto faziamos espera para lá ir buscar os pais do Pim. 

 

Depois de uma semana fora da normalidade hoje regressamos ao nosso ninho.

Ver se implemento as minhas rotinhas, a saudação ao sol, o ioga antes de dormir, as frases positivas e de agradecimentos antes de adormercer. 

 

Esta semana tenho o chefe de férias o que é sinónimo de que terei ainda mais responsabilidade e trabalho mas pelo menos aquela vozinha sai do meu ombro e não me interrompe. 

 

E hoje quem volta ao trabalho por aí?

Ou quem iniciou as férias?

 

 

IMG_20180819_201029.jpg

 

IMG_20180819_201125.jpg

 

 

❤ O Amor 2

Ando a tentar praticar o agradecimento pelo que tenho...

Já ontem vos mostrei alguém que adoro de coração.

E realmente que sorte fantástica tenho porque hoje...

Hoje fica a minha segunda irmã. 

 

Começámos com uma história engraçada, alguém, uma terceira pessoa em comum, que nos falava mal uma da outra.

Eu não conhecia a C* e ela não me conhecia a mim. 

Conhecíamos sim o "demónio encarnado-". Esse "demónio" falava o pior de mim à C* e o contrário igual.

Quando finalmente nos conhecemos em pessoa, por causa do tal amigo do Pim, as duas já desconfiávamos que o "demónio encarnado" devia estar a fazer jogos desse tipo e por isso foi uma conversa rápida e simples para por os pratos limpos e o amor rapidamente cresceu.

Cresceu ao ponto de sermos agora compadres e ter a filhota dela como afilhada enche-me o coração. 

 

A C* infelizmente não está a 10 minutos de mim, está um bocadinho mais distante, mas o longe faz-se perto e tentamos sempre ver-nos. Além de que posso dizer com certeza que mesmo estando longe nos falamos todos os dias, nem que seja a mensagem ao final de dia no grupo a saber se está tudo bem. 

O R*, noivo dela, é das pessoas mais incríveis deste mundo, calmo o suficiente para tentar acalmar aquele turbilhão que ela é.

 

Acho que nos demos bem porque somos muito parecidas, na forma de pensar e até na forma de stressar, no estar sempre ligadas à corrente.

Mas desenganem-se, a C* tem uma história de vida que pouca gente tem e é uma Mulher daquelas que sobrevive a tudo....

Uma mãe super empenhada, uma amiga fantástica, sempre pronta a ajudar tudo e todos. 

Às vezes esquece-se apenas de se ajudar um bocadinho a ela mesma. 

Meiga, simples e carinhosa....

Não podia ter escolhido melhor irmã para me acompanhar neste mundo. 

E se é verdade que os 4 formamos uma grupeta fantástica, a 5, contando com a minha baby M* é ainda melhor. 

 

Obrigada pela amizade destes anos, por serem a nossa família de coração, por estares sempre lá. 

 

 

eu e a catia.jpg

 

 

O segredo para viver mais? Amor.

Vi este vídeo no facebook que partilhem prontamente...

É uma das conversas Ted e esta tocou mesmo cá dentro.


Cientistas analisaram quais os motivos que interferem mais na longevidade das pessoas.

Surpreendam-se pessoas, não é o exercício, não é o peso, muito menos a hipertensão.

Os dois primeiros factores são: a interacção social e as relações próximas. Em suma, o amor que nos une em família e as boas pessoas que nos rodeiam. 

 

Tenho cá para mim que afinal vou durar até aos 100 anos. 

Isto porque tenho uma sorte tremenda de ter estes dois factores como dos mais completos e felizes da minha vida. 

 

Quando este blog era anónimo fazia sentido esconder, não partilhar nada além de mim... Depois foram começando a conhecer o Carl/Pim. 

Entretanto mais pessoas se foram juntando a este universo virtual porque é impossível falar de mim sem falar delas. 

Esta é uma dessas, das mais importantes, e como é preciso agradecer o que temos de bom na vida... Fazer exercícios de agradecimento.... Aqui vai este. 

 

Não tenho irmãos, alias tenho um mas sem relação (isso fica para uma próxima história) mas felizmente a vida encarregou-se de dar-me as minhas manas de coração. Estranhamente conheci as duas através da mesma pessoa, um dos grandes amigos do Pim... Tenho que lhe agradecer um dia.

 

A S* chegou numa fase em que o meu coração estava fechadinho para novas amigas meninas, andava parva pronto... Não era má educada para ela mas por factores alheias às duas a relação não desenvolveu logo...

No entanto, ela não me resistiu e agora estamos assim unha com carne... muahahaha Nop...

Ela é doce sabem... se estiverem em problemas ela está lá. Ouve os problemas às vezes responde o que não queremos ouvir mas é a verdade... é descomplicada (tudo o que eu não sou), uma excelente mãe, trabalhadora e aplicada como nunca vi, sempre pronta a ajudar, e com um feitio de humor daqueles.... Adoro-a.... 

Adoro o filho dela como se fosse meu sobrinho... E é das pessoas com quem sem dúvida nos relacionamos mais...

É daquelas relações que sei que vou ter para sempre...

E isso aquece-me o coração. 

 

nos.jpeg

 

 

 

Fotos a sério ❤

Eu gosto de ter fotos...

Fotos impressas. Para por na nossa parede logo na entrada da nossa casinha.

Para ter em molduras...

E para no futuro fazer álbuns.


Normalmente aproveito a promoção da Fotosport para imprimir logo umas quantas, neste caso 200...

Se pensar que de um espaço de 10 anos imprimi 300 e que do último ano e meio escolhi 200, parece que este foi um ano animado. 

Ontem estava a escolher as fotos e emocionei-me com tanto momento bom que tínhamos tido. 

Já estão as das férias, as do batizado, as dos primeiros jantares daquelas pessoas mesmo importantes lá em casa...

E emocionei-me.

Depois de mais uma crise de ouvidos tenho andado mais sensível mas também isto passará. 

Só preciso de alguns dias para me recompor. 

Fica aqui uma das minhas preferidas, mostra tudo.... a atenção da afilhada o ar de maroto do padrinho... 

Perfeito. 

 

323.jpg

 

Querem espreitar mais?

Isto não é uma história de amor...

Há uns anos acompanhava diariamente na minha viagem de autocarro matinal um casal. 

Todos os dias era igual. 

 

Eles já lá estavam quando eu entrava, ele a ouvir música e ela a ler. Quem não os conhecesse apenas sabia que eram casal porque, no final da viagem, e antes de se separarem nas Amoreiras, davam um pequenino beijo e um adeus. 

Não havia conversa, até porque ele estava de fones, não havia contacto físico, até porque ela levava o livro nas mãos.

 

Era assim e foi assim pelo menos durante os três anos que fiz diariamente aquele percurso. 

Eu pensava... como pode ser? Não trocarem ideias sobre o livro dela, ele não lhe passar um fone quando tocava aquela música com um significado especial para eles...

Não havia interacção. 

Zero.

 

Afastei-me dois anos daquele autocarro e quando voltei... eles não estavam. 

Não apareciam... dias à espera e nada. 

De repente mudo de rotinas e começo a vir de metro...

E heis que a vejo a ela.... Sozinha e diferente.

Algo nela tinha mudado com certeza. 

Continuava a vir para as amoreiras mas agora ia de metro e noutro autocarro. 

E uns dias depois descubro-o, cruzei-me com ele... Também continua a vir para as Amoreiras mas agora a pé. 

 

Acabou. Não se se ela tem alguém novo, mas ela parece mais leve mais feliz, ele não. 

Parece mais velho e está sempre com um semblante franzido... 

Entristece-me saber destas histórias, ou quando vejo um casal num restaurante cada um agarrada ao seu telemóvel. 

O amor é como uma planta, tem de ser regado, protegido, amado... 

Esta não é uma história de amor, mas de desamor. 

Aprendam.... 

Temos que dar valor aquela pessoa especial. 

Dar-lhe apoio, perguntar de vez em quando "Estás Gostaste?" (esta é do meu Pim).

Lembrar que na correria do dia-a-dia nós estamos lá, para dar um miminho, um abraço, para acima de tudo sermos o melhor amigo que podemos ser, e depois sim tudo o resto. 

 

 

Agosto Lazy ou Fit? Quem acompanha?

Sinto-me um bocadinho repetitiva, se agora depois das férias é sempre a altura em que me sinto mais recuperada psicologicamente...

Setembro vai ser cheia de coisas que tenho que tratar e hoje entra A gosto (ahahah) e eu já estou a pensar nelas. 

Por isso acho que nas próximas semanas me vou focar em pequenas rotinas diárias para não me preocupar com o que ainda não chegou e focar-me em mim e em ficar bem e saudável. 

 

Há umas semanas matei saudades de uma amiga que já não via há uns meses, amigas daquelas feitas em adulta mas que adoro de coração e começamos a fazer o desafio dos.... ui esqueci-me do nome... ah agachamentos... (sou mesmo fit né), enquanto lavamos os dentinhos. 

Já experimentaram? Nota-se ao final de umas semanas o resultado.


Por isso lá fui para o pinterest em busca de coisas que possa fazer além da minha saudação ao sol, e agachamentos durante a lavagem dos dentes. 

 

exercicio 2.jpg

 

exercicio 4.jpg

 

exercicio 3.jpg

 

 

 

exercicio 1.jpg

 

 

Encontrei estes que me parecem exequíveis... Que acham?

Quem alinha no agosto fit?

Ou está todaaaaaa a gente de férias por aí?

 

Parabéns Blog!

A 6 de Julho de 2015, escrevia o meu primeiro post neste blog. 

Fez no ínicio deste mês 3 anos! Oh jesus como... Que iniciei este meu cantinho. 

 

Tive tão ausente que nem tempo tive de vir aqui marcar o momento. 

Como já aqui tinha dito as semanas antes das férias foram complicadas... e férias... bem são férias e usei para o melhor fim deles todos, descansar e recarregar energias...

Não podia ter apanhado melhor tempo, melhor companhia, melhores momentos...

Foi muito bom e hoje primeiro dia de volta ao escritório... Dói na alma senhores e senhoras...

 

Eu há uns anos até li umas dicas de como facilitar este regresso nada fácil...

Ora atentem:

- Usar roupa larguinha

- Não regressar das férias no dia antes de começar novamente o trabalho (esta falhei redondamente e agora estou a sofrer)

- Sempre que sentir a ansiedade do regresso a piorar, pare e pense numa afirmação positiva!

- Deitar mais cedo por forma a poder descansar mais e regular o horário do sono, no meu caso, bem tentei mas não consegui.


Hoje não estão a ser do mais útil mas pronto, lá terá de ser.

Vou focar-me no aniversário aqui do blog.

E no rumo que ele vai ter nas próximas semanas. 

Foco...

 

 

 

Estamos de férias!

Em período de pré-férias, os meus dias ficaram mais complicados...

Aumenta a carga de trabalho por forma a deixar tudo o mais avançado possível e facilitar a vida a todos.

Aumenta a minha vontade de férias, que é directamente inversa à minha vontade de estar no escritório...

E por isso a ausência destas semanas. 

 

Desde segunda que estou de férias.... e que bem que me sabe o ritmo sem horas, sem pressas, sem obrigações...

E sábado lá iremos rumar ao sol, às rotinas de piscina e praia, de sentir aquele quentinho de quem tosta o corpo ao sol. 

 

O blog tem estado mais calmo...

Talvez por menos disponibilidade (psicológica) minha. 

Por agora só quero descansar...

Quero amar em paz, descansar em paz, relaxar em paz...

As férias são acima de tudo para isso paz.

Gozar uma vida, que não é a nossa diária, cheia de paz, amor, sorrisos, mergulhos, bom humor, comida, bebida... e calma.... 

Como são as vossas?

Que prioridade têm por aí nestas alturas de férias?

 

 

 

Marta

Crianças em tribunal sem representação?

Já todos vimos as fotos dos bebés enjaulados do Sr Trump. 

Mas isto?

Quando as crianças são presentes ao tribunal de imigração sem advogado tem de ser os próprios a representar-se...

Sem falar a língua, com pouco mais de 4/5 anos... Naquele cenário todo ele de "justiça" e magnitude...

Como? 

Como é que isto é permitido pelo tribunal dos direitos humanos?

9 em cada 10 crianças sem advogado é expulsa.

E ao lado está sempre um a representar o estado americano.

Este vídeo é uma representação mas acontece...

Outras caras outros olhos assustados outras crianças esquecidas pelo mundo...

Como?

É legal? 

Será que não há advogados que as defendam apenas por ser o justo e o correcto? 

Hoje começo o dia assim triste com o mundo em que vivemos...